Sindicato mostra preocupação com o pós PDV da Embraer

Audiência com sindicato não contou com a presença de vereadores e Embraer

Por DaCidade 29/08/2016 - 13:56 hs

Sindicato mostra preocupação com o pós PDV da Embraer
Imagem divulgação

Em audiência quase vazia, os sindicalistas de São José dos Campos debateram nesta sexta-feira (26) sobre a realidade da Embraer na cidade e mostraram preocupação além do PDV (Programa de Demissão Voluntária). No encontro, funcionários reforçaram o apelo de intervenção dos secretários e do prefeito Carlinhos Almeida (PT).

Na abertura da reunião, as autoridades que compuseram a mesa falaram sobre a importância da Embraer para a economia da cidade. Entre os dados apresentados pelo prefeito, foi ressaltado que cada emprego na empresa reflete em 11 outros empregos indiretos no mercado em geral.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Osman Cordeiro, ressaltou que é necessário não ficar preso a um setor e pensar em desenvolver outros. “Vamos tentar minimizar o impacto caso ele exista. Precisamos cuidar desse e desenvolver outros setores, para não ficarmos presos e depender de apenas três empresas” disse o secretário.

Em diversos momentos foi destacado o descomprometimento de todos os vereadores, que se mostraram interessados no convite para a audiência pública mas não estiveram presentes. A Embraer também não enviou nenhum representante, sendo duramente criticada pelos funcionários presentes.

Na opinião de Herber Claros, vice-presidente do sindicato, todos devem ficar atentos. “Se o sindicato anunciar que foi convocado para um reunião com a Embraer depois do fim das adesões ao PDV, se preocupem”, alertou.

O vice-presidente do sindicato reforçou que estão se mobilizando para que nada aconteça e que uma solução seja apresentada o quanto antes. “Na próxima semana vamos levar o assunto para a população em geral, pois o impacto com as demissões atinge toda a cidade. Além disso, estamos agendando conversas com o Governo do Estado e Governo Federal, mas ainda não obtivemos retorno oficial de uma data”, completou.

Entenda o caso
A Embraer abriu o PDV (Plano de Demissões Voluntárias) no dia 23. A Embraer tem cinco unidades no país. A iniciativa é parte de uma série de medidas de redução de custos que a empresa quer adotar para enfrentar a crise na indústria aeroespacial.

O período para inscrições vai até 14 de setembro. As inscrições serão analisadas até 23 de setembro. Todos os empregados que aderirem ao PDV serão desligados na primeira semana de outubro de 2016.  

A empresa é uma das maiores empregadoras de São José dos Campos, com cerca de 13 mil trabalhadores, e possui unidades em Taubaté, Gavião Peixoto, Sorocaba, Botucatu, Portugal e Estados Unidos. 

Fonte meon