Pardini e André Peres têm suas pré-candidaturas confirmadas a prefeito e vice de Botucatu

Aproximadamente 2 mil pessoas participaram da convenção que confirmou também 110 pré-candidatos a vereador representando 18 partidos coligados

Por Da Cidade 25/07/2016 - 16:55 hs
Foto: Divulgação
A Coligação Botucatu + Forte, que conta com o apoio de 18 partidos (PSDB, PC do B, PPS, PMDB, PSL, PSC, SD, DEM, PROS, PP, PMN, PSDC, PTdoB, PSB, PTC, PRB, PTN e PEN), confirmou na manhã deste sábado, 23, durante convenção realizada na Associação Atlética Ferroviária (AAF), as pré-candidaturas de Mário Pardini (PSDB) e André Peres (PC do B) a prefeito e vice-prefeito de Botucatu. Também foram apresentados 110 candidatos a vereador que disputarão as 11 cadeiras da Câmara Municipal. A convenção recebeu aproximadamente 2 mil pessoas, entre amigos, familiares e apoiadores desse grande time.

O evento contou com a presença do atual prefeito de Botucatu, João Cury Neto; do deputado estadual Fernando Cury; de Pedro Mori, assessor especial do vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França; além dos presidentes de partido que integram a coligação. Enquanto as pessoas chegavam ao ginásio da Ferroviária, em um telão eram exibidas mensagens de lideranças nacionais, como o ministro de Relações Exteriores, José Serra e o deputado federal Floriano Pesaro, ambos do PSDB.

André Peres - Logo depois das mensagens dos presidentes das siglas, o primeiro a discursar foi o pré-candidato a vice-prefeito André Peres. Bastante emocionado, Peres agradeceu aos candidatos a vereador e ao companheiro Pardini pela confiança ao terem escolhido o seu nome. "Se tem uma coisa que aprendi nesse governo foi lealdade, compromisso e respeito. Aqui temos homens que honram o fio do bigode, que têm palavra. Sinto muito orgulho desses 23 anos de dedicação ao funcionalismo público, mas nos últimos sete anos e meio do governo João Cury passei a acreditar ainda mais que a política é bendita e transforma a vida das pessoas pelas mãos de homens de bem. Botucatu precisa de pessoas de bem, que gostam de gente. E é isso que eu sinto, é isso que o Pardini sente", destacou.

 
Deputado Fernando Cury - O deputado estadual Fernando Cury também se emocionou ao relembrar de sua eleição, em 2014. "Me lembrei de quando, no passado, muitos não acreditavam na capacidade do meu irmão João Cury, que em oito anos de mandato transformou Botucatu para melhor. O mesmo aconteceu comigo em 2014, quando, depois de 20 anos sem termos um deputado eleito que sentisse as angústias e lutasse as lutas da região, contrariando as expectativas, fui eleito com mais de 85 mil votos", disse. "Tenho certeza que agora, com Pardini e André Peres, essa história vai se repetir. Vão falar muita coisa do lado de lá, mas não tenho dúvida de que nosso time sairá vitorioso, pois a população da nossa cidade acredita no nosso projeto", completou.

Pardini - O pré-candidato a prefeito Mário Pardini foi enfático em sua fala ao dizer que Botucatu precisa de pessoas com capacidade de gestão, independentemente de ter experiência política. "O que me trouxe para esse projeto político foi única e exclusivamente o desejo de abençoar as pessoas, servir e honrar aqueles que acreditam nas ideias que representamos", disse.

Sobre o companheiro André Peres, Pardini citou que ele tem sido um grande motivador. "Ele tem me animado, cuidado de mim, assim como vamos cuidar de Botucatu", garantiu. "Quero registrar meu compromisso com todos os pré-candidatos a vereador e com as nossas lideranças. O nosso projeto político vai trazer muitos benefícios para a nossa cidade", acrescentou.

Pardini lembrou da conversa que teve com o governador Geraldo Alckmin, pouco antes de aceitar o convite para disputar a indicação do partido para ser pré-candidato à sucessão do prefeito João Cury. Segundo ele, durante o encontro, assumiu o compromisso de governar para as pessoas e com propostas que permitam o desenvolvimento da cidade. "Me encho de alegria por ter tantos amigos perto de mim e me encho de esperança para essa caminhada árdua, mas que vai ser vitoriosa, pois escolhemos um lado, o lado do bem! Vamos trabalhar! ", bradou, encerrando sua fala.

João Cury - Encerrando o evento, o atual prefeito de Botucatu, João Cury, colocou que pouco importa o número, a sigla, ou bandeira, pois o foco deve ser a vitória de Pardini nas eleições no dia 2 de outubro. "Portanto, pode ir partido, pode voltar partido, pode levar sigla, pode levar o número, mas o que importa são as mãos que vão levar a bandeira", observou.

O prefeito enfatizou que um grande time estará nas ruas de Botucatu para falar de esperança e dos desafios da cidade, que deverá iniciar um novo ciclo de desenvolvimento. "A única campanha que sabemos fazer é a do olho no olho, de cara limpa, de peito aberto, conversando com as pessoas, ouvindo a população para errar menos, para saber o que esperam de nós, quais são os seus anseios, as suas aflições e os seus sonhos. É a campanha dos três "S": sola, suor e santinho", concluiu.

 
Sobre os candidatos a prefeito e vice-prefeito

Mário Pardini, de 45 anos, é formado em Administração de Empresas e possui pós-graduação em Administração e Marketing. Em 2011, terminou sua segunda graduação, em Engenharia Civil, área em que atua e tem experiência, com ênfase em Engenharia Hidráulica.  Neste ano, concluiu o curso de mestrado na Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp – Câmpus de Botucatu -, área de Irrigação e Drenagem.

Em setembro de 2011, Pardini passou a comandar a Superintendência da Sabesp - Unidade de Negócio Médio Tietê, com a missão de regularizar o abastecimento de água, limpar os rios, manter a população bem atendida com água de qualidade durante vinte e quatro horas, cargo que ocupou até o dia 1º de junho de 2016, quando se afastou em respeito à legislação para se dedicar à sua pré-candidatura a prefeito de Botucatu. Sua responsabilidade era cuidar estratégica e gerencialmente de 35 municípios e 50 distritos da regional de Botucatu.

André Luis Peres, de 42 anos, é formado em Letras com MBA em Gestão Pública. Foi secretário Municipal de obras de Botucatu a partir de 2013, no segundo mandato do prefeito João Cury. Dois anos mais tarde, em 2015, passou a acumular, na mesma administração, o cargo de secretário de Mobilidade Urbana. Em seus três anos e meio como secretário de Obras, André coordenou importantes iniciativas do poder público, como o Programa Pavimentação, que investiu cerca de R$ 20 milhões na recuperação de ruas da cidade, além de dar início a revitalização da Rua Amando de Barros, principal rua do comércio de Botucatu.