Cuidados para os pedestres em trechos urbanos da rodovia

Travessia deve ser realizada por passarelas de travessia e viadutos

Por Daniela 26/04/2016 - 11:09 hs
Foto: internet
Cuidados para os pedestres em trechos urbanos da rodovia
Pedestres se arriscam atravessando rodovias

Atenção, pedestre! A travessia segura para o pedestre em trechos urbanos das rodovias deve ser realizada apenas pelas passarelas de travessia e viadutos. Não atravesse a via, mesmo se o fluxo de veículos for baixo. Para garantir um percurso seguro aos pedestres, a CART- Concessionária Auto Raposo Tavares mantém ao longo do Corredor viadutos e passarelas para travessia, além da sinalização adequada para a proteção dos usuários.


“Pedestres e motoristas devem redobrar os cuidados quando transitam por um perímetro urbano. Primeiro, deve-se respeitar as placas de sinalização e as orientações de segurança fornecidas em cada trecho. Segundo, o pedestre, por mais que aumente o tempo de caminhada, deve sempre utilizar das passarelas e viadutos para atravessar de um lado para o outro. Medidas como essas representam respeito à sua própria vida e a de outros usuários”,comenta o engenheiro de segurança da CART, Nivaldo Bautz.

O pedestre deve também evitar caminhar pelo acostamento, mas se for necessário, isso deve ser realizado sempre pelo lado contrário dos veículos para a visualização mais adequada dos veículos em trânsito. Se for um grupo, é mais seguro caminhar em fila única pelo acostamento. Não se esqueça de que roupas claras auxiliam na visualização dos pedestres pelos motoristas.

 

Caminhantes

Além da sinalização destinada aos motoristas e pedestres, a CART oferece coletes refletivos aos caminhantes que vão pelos acostamentos das rodovias sob sua concessão para que eles possam ser visualizados pelos motoristas a uma distância maior do veículo. A Concessionária atende e encaminha esses viajantes que vão a pé pelas vias até os albergues das cidades mais próximas.

 

Redução de acidentes
A CART trabalha para proporcionar segurança aos usuários no trecho entre Presidente Epitácio e Bauru. As transformações estão relacionadas à duplicação de trechos de pista simples, implantação de dispositivos de acesso e retorno, melhorias no pavimento asfáltico, reforço na sinalização, serviços de capina e roçada, retirada de lixo, limpeza de placas de sinalização, além de outros benefícios que visam o bem-estar do usuário.


Levantamento divulgado pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) destaca que a CART é a concessionária do estado de São Paulo que apresenta o maior recuo no total de acidentes em 2015. A queda é de 17,66% na comparação com 2014. As incidências diminuíram de 1.382 para 1.138 acidentes neste período com ações permanentes desenvolvidas e implantadas através do Programa de Redução de Acidentes da CART.


Além disso, a CART reforça seu compromisso com a segurança ao integrar o Pacto Nacional para Redução de Acidentes de Trânsito que visa reduzir em 50%, o número de vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, até 2020.

 

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor Raposo Tavares, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais.

 

 

Fonte: Assessoria da CART (Concessionária Auto Raposo Tavares)