Criador do jogo “Baleia Azul” está preso na Rússia

Russo Philipp Budeikin afirmou em um dos seus depoimentos à polícia, que criou o jogo para “limpar a sociedade”; Informação é do portal Daily Mail.

Por Maysa Santos 16/05/2017 - 15:50 hs
Foto: Divulgação

O russo Philipp Budeikin, de 21 anos, está preso na Rússia acusado de ter criado o polêmico jogo “Baleia Azul”. O jovem é acusado de ter levado 16 garotas ao suicídio. Segundo o portal Daily Mail, em um de seus depoimentos à polícia, Philipp afirmou que criou o jogo para “limpar a sociedade”.

“Existem pessoas e existem resíduos biológicos – aqueles que não representam nenhum valor para a sociedade. Que causam ou só vão causar danos à sociedade. Eu estava limpando nossa sociedade dessas pessoas”, disse em depoimento.

Ainda de acordo com o Daily Mail, o jovem disse que suas vítimas “estavam felizes em morrer”: “Elas estavam felizes. Eu estava dando a elas o que elas não tinham na vida real: calor, compreensão, conexões”, declarou.

O jogo “Baleia Azul” fez diversas vítimas ao redor do mundo. O game consiste em 50 desafios, entre eles automutilação, sendo o último desafio, o suicídio.