Desfile em comemoração ao aniversário de Botucatu reúne grande público na Amando de Barros

Segundo o prefeito Mario Pardini, foi uma honra participar pela primeira vez do desfile de aniversário da cidade.

Por Redação 11/04/2017 - 16:38 hs
Foto: Divulgação
Na manhã de domingo (9), a Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Educação, promoveu o tradicional desfile cívico em comemoração ao 162º aniversário de emancipação político-administrativa de Botucatu, com a participação de todas as escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino e diversas instituições da cidade. A Rua Amando de Barros, no trecho percorrido pelo desfile, ficou tomada pelo público que compareceu em massa para prestigiar o evento. 
 
O Tiro de Guerra 02-048 abriu o desfile, seguido da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, SAMU e Corporação Musical Dr. Damião Pinheiro Machado. Na sequência desfilaram as escolas e demais entidades. O desfile terminou com a apresentação dos carros da AVAB (Associação Veículos Antigos de Botucatu).
De acordo com a secretária municipal de Educação, Lucilene Cota, a organização do desfile teve um cuidado a mais quanto ao horário de início e término da apresentação, que começou praticamente no horário estipulado, por volta das 9h10 e encerramento às 11h40. “Agradeço a participação encantadora e o compromisso com nosso município. Afinal, Educação é compromisso de todos”, completou Lucilene.
 
Segundo o  prefeito Mario Pardini, foi uma honra participar pela primeira vez do desfile de aniversário da Cidade. “Ontem, na Rua Amando de Barros, pude ver as crianças e jovens de nossas escolas e instituições se esforçando ao máximo para marcharem no tempo certo, ou para não perderem o ritmo nas fanfarras e bandas marciais, o que me fez refletir. Fortaleci ainda mais dentro de mim que o trabalho à frente do Município deve ser direcionado principalmente para estes jovens, e que é meu dever oferecer políticas para um futuro melhor a quem está passando pela formação escolar e formação da vida”, conclui Pardini.