Venda da folha de pagamento injetará R$ 5 milhões à Prefeitura de Botucatu

Prefeitura é uma das maiores empregadoras de Botucatu, com um total de mais de 2,8 mil funcionários [entre ativos, aposentados e pensionistas].

Por Redação 08/03/2017 - 11:57 hs
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Botucatu receberá R$ 5,04 milhões referente à licitação [modalidade pregão] vencida pela Caixa Econômica Federal, no último dia 1º de março, que trata sobre a contratação de instituição bancária para o processamento e gerenciamento da folha de pagamento dos servidores públicos municipais.

O certame ainda foi disputado pelos bancos Santander e Bradesco e contou com um total de 80 lances ofertados. O valor orçado inicialmente pelo Poder Público havia sido de pouco mais de R$ 3,3 milhões.

Além dos holerites, a Caixa continuará a administrar o Fundo Municipal de Previdência Social do Município de Botucatu – Botuprev [hoje com R$ 108 milhões] e ter a cessão de uso do Posto de Atendimento Bancário (PAB), instalado no próprio Paço Municipal. O prazo de vigência do contrato é de 60 meses, ou seja, cinco anos.

O valor obtido nesta licitação poderá ser utilizado pelo Poder Público em qualquer área. A princípio, de acordo com o prefeito Mário Pardini, é que boa parte destes R$ 5 milhões sejam utilizados para custear serviços de saúde do Município. A Caixa tem o prazo de 15 dias, após a data de início de vigência do contrato, para efetuar o pagamento à vista do valor ofertado na licitação.

“Esta foi mais uma ação de ousadia e coragem do nosso governo. A primeira oferta foi de pouco mais de R$ 2 milhões. Por isso resolvemos licitar. O resultado está aí. Um recurso extra que irá oferecer um suporte interessante ao orçamento do Município em um ano que estamos tomando uma série de medidas de enfrentamento à crise”, avalia Pardini.

 

A Prefeitura é uma das maiores empregadoras de Botucatu, com um total de mais de 2,8 mil funcionários [entre ativos, aposentados e pensionistas]. Até dezembro de 2016 sua folha de pagamento girava em torno R$ 10 milhões (valor bruto com encargos).