Prefeitura de Botucatu inicia mutirão de limpeza para combater mato alto

Intuito é somar esforços para agilizar a execução de serviços como roçada e capinação, atingindo o maior número de bairros no menor prazo possível.

Por Redação 13/01/2017 - 16:25 hs
Foto: Divulgação

Após uma série de reuniões realizadas com o prefeito Mário Pardini, a Secretaria Municipal de Infraestrutura iniciou nesta quinta-feira (12) um grande mutirão de limpeza e manutenção das vias públicas da cidade. A ideia é somar esforços para agilizar a execução de serviços como roçada e capinação, atingindo o maior número de bairros no menor prazo possível. 

O objetivo é garantir a conservação adequada da cidade, reduzindo o risco de epidemias que aumentam com a chegada do Verão e o período de chuvas, além do ganho estético gerado por ruas limpas e livres do mato alto. Cerca de 100 homens estão mobilizados para executar serviços de varrição, capinação e roçada. O trabalho envolve equipes da Prefeitura, da empresa Monte Azul e outras empresas terceirizadas que atuarão divididas por regiões.

No primeiro dia do mutirão diversos setores foram contemplados. Ruas e avenidas de grande circulação como Dante Delmanto, Leonardo Villas Boas, Camillo Mazzoni, Visconde do Rio Branco passaram por uma grande faxina. A limpeza também atingiu a região próxima ao Pronto Socorro Adulto e ruas da Vila Assumpção. As entradas da cidade também receberam atenção especial. O vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, André Peres; o secretário adjunto de serviços públicos, William Oliveira e Silva e a diretora de Limpeza Pública, Cláudia Rossetto, acompanharam as equipes na rua. 

“Estamos unindo forças. Temos equipes trabalhando em roçada e capinação e depois entraremos com pintura de guias, sinalização e substituição de placas. Esse é um grande esforço para que a cidade possa suportar esse período crítico das chuvas, quando o mato cresce muito rápido. Fizemos a limpeza da Praça São José há quinze dias e o mato já cresceu novamente. Mas não dá pra gente se conformar. Temos que enfrentar o problema. Nossa meta é alcançar toda a cidade no menor tempo possível. Esse mutirão funcionará como um piloto para o projeto de zeladoria que o prefeito Pardini pretende implantar, dividindo a cidade por regiões”, avalia Peres.    

A evolução e os resultados obtidos com o mutirão de limpeza ajudarão a definir o planejamento das atividades necessárias para que a manutenção do trabalho aconteça de forma mais perene, tornando a cidade mais limpa e bonita.