Doadores de sangue e de órgãos são homenageados pela Câmara de Botucatu

Voluntários que ajudam o banco de sangue do Hemocentro e familiares de doadores de órgãos receberam Diploma de Reconhecimento Comunitário

Por Redação 29/11/2016 - 14:17 hs
Foto: Divulgação
Doadores de sangue e de órgãos são homenageados pela Câmara de Botucatu
Estiveram presentes doadores de Botucatu e da região, além de bombeiros civis.

Foi realizada na noite desta segunda-feira, 28 de novembro, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Botucatu, a entrega do Diploma de Reconhecimento Comunitário a doadores de sangue e de órgãos. Estiveram presentes doadores de Botucatu e da região, além de bombeiros civis.

A iniciativa, prevista na Resolução nº 329, de 18 de maio de 2004, de autoria do vereador Carlos Trigo e do então vereador Nenê Bueno, serve como reconhecimento e incentivo aos voluntários.

Representando o Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participaram da cerimônia Silvio Luiz Neves, coordenador do Serviço; e o Dr. Thiago Herbst, novo diretor técnico da Unidade. Pela Organização de Procura de Órgãos (OPO) participaram o Dr. Laércio Martins Stéfano, coordenador-médico; e Dr. Álvio Isao Shiguematsu, diretor técnico.

Também esteve nas galerias da Câmara Municipal outro grande homenageado da noite, o médico hematologista Dr. José Mauro Zanini, diretor do departamento de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro, que, ao se aposentar, se afastará da gestão da Unidade após mais de três décadas envolvido com o Serviço. Ele recebeu uma Moção de Congratulações assinada por todos os vereadores da Câmara Municipal de Botucatu.

Receberam o diploma: Jéssica Rodrigues Rosa, doadora de plaquetas; professor Adenil Costa Junior, docente do Curso de Administração da Unifac e responsável pelo “Projeto Voluntários” - Doador de Sangue; Denivane Alves da Silva, doador Especial (Doador de Sangue); familiares de Santo Aparecido Maranho, doador de córnea; familiares de Diego Rafael Guimarães, doador de múltiplos órgãos e a Faculdades Integradas de Botucatu  Unifac - Instituição Colaboradora.

Ao homenagear os doadores de sangue, Silvio Neves, coordenador do Hemocentro de Botucatu, destacou que eles podem se orgulhar por serem “doadores de vida”.

“Muitos pacientes dependem da boa vontade dessas pessoas, por isso devemos reconhecer a importância desses atos, incentivá-los e parabeniza-los. Quero aproveitar para fazer uma singela homenagem ao Dr. José Mauro pela pessoa que ele é e pelo trabalho que ele desenvolveu no Hemocentro. Um profissional extremamente ético, com quem tive a grande satisfação de trabalhar e que se dedicou 100% ao nosso Serviço. Tivemos a alegria de, recentemente, implantar juntos o Transplante de Medula Óssea, que já salvou a vida de três pessoas”, destacou.

Dr. Laércio Martins Stéfano, coordenador-médico da OPO, além de agradecer aos doadores de órgãos e seus familiares, fez questão de enaltecer o trabalho da equipe que ele coordena, pelo importante trabalho que desenvolvem 24 horas por dia, durante todos os dias do ano. “Apesar de muitas pessoas não conhecerem esse trabalho, ele existe e é infindável. Temos uma equipe pequena, mas de profissionais competentes e dedicados”, afirma. “Quero também reconhecer a importância da nobre atitude dos familiares que perdem um ente querido e se dispõem a salvar outras vidas. Só temos a agradecer e que sirva de exemplo para várias outras famílias”, acrescenta.

Dr. Álvio Isao Shiguematsu, diretor técnico da OPO, enfatizou sua felicidade em ter a oportunidade de agradecer aos familiares dos doadores. “Quero parabenizar a Câmara Municipal por manter esse tipo de reconhecimento. Isso estimula a cultura da doação em nossa cidade e também na região. Um dado triste é que as filas de espera por córneas aumentam e faltam órgãos. No entanto, o positivo é que estamos transplantando cada vez mais a medida que desenvolvemos novas técnicas cirúrgicas. Muito obrigado a todos que aceitam serem doadores e também aos familiares que entendem a importância desse ato”, enfatiza.

Dr. José Mauro Zanini, diretor do departamento de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro, que foi agraciado com uma Moção de Congratulações pela Câmara Municipal de Botucatu em razão de sua aposentadoria, garante que manterá vínculos com o Serviço atuando como médico plantonista. “Foram quase 37 anos de serviços prestados ao Hemocentro, desde que entrei na Residência. Quando entrei, ainda usávamos agulhas reesterelizadas e hoje saio depois de ajudar a implantar o Transplante de Medula Óssea. Agradeço a toda a equipe da Hemoterapia e Hematologia, pois sozinho ninguém faz nada. Não esperava essa homenagem, mas fiquei muito feliz”, avalia.

Zanini fez residência em Hemoterapia, e, em 1985, foi contratado como médico para atuar na Divisão Técnica do Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu. Exerceu, em vários períodos entre 1994 a 2003, a função de Supervisor Técnico de Seção de Coleta e Transfusão de Sangue.

Nos anos de 1991 a 2002, também exerceu a função de diretor substituto da Divisão Técnica do Hemocentro, e, em 2003, assumiu a referida Divisão como diretor Oficial até o mês de Agosto de 2011. Sob seu comando, o Hemocentro de Botucatu foi qualificado como “excelente” na avaliação anual do Programa Nacional de Controle de Qualidade 2015, sendo referência nas áreas de Hematologia e Hemoterapia.